terça-feira, 6 de julho de 2010

Meus olhos, meus olhares

Os meus olhos têm as cores do mar

Do fogo e do ar

Da noite e do chão


Meus olhares vivem a se transformar

São assim como eu

Feito camaleão


Ficam vivos, mortos, sorridentes

Os meus olhos não mentem

Eles sentem, eles são


E eles falam mais que palavras

Quem olhar bem no fundo

Verá meu coração


6 comentários:

  1. Um olhar sempre fala mais e sempre nos mostra por dentro.
    Lindo, lindo!

    ResponderExcluir
  2. E que coração hein...
    Florido...
    Aprendeu a cultivar com jeito.

    ResponderExcluir
  3. Vcs iluminaram os meus olhos! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Consegui ver o seu coração. Lindo!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns minha querida, seu blog é super interessante, gostei muito mesmo, bjs.

    ResponderExcluir

Solte suas linhas!

Postagens Recentes Postagens Antigas Inicio