sábado, 20 de novembro de 2010

Luminosamente, preta!



Eu sou preta,
tenho em mim a cor da noite
e sou clara como um dia
pelo sol iluminado!

Eu sou preta,
tenho a cor da escuridão
e espalho tanta luz,
sou no breu como um clarão!

Eu sou preta,
tenho raízes africanas,
de força, raça, fé e gana,
vem daí todo o meu brilho.

Eu sou preta,
luminosamente, preta!
E rebrilho!


[A cor negra não é ausência de luz. A cor negra tem luz. E reluz!]


20 de novembro - dia da consciência negra. A consciência deve existir sempre. O preconceito, seja ele de qualquer espécie, só mostra o quão pobre é o ser que lhe carrega.








[Lavagem cerebral – Gabriel, o pensador]


48 comentários:

  1. Quantos anos mais precisarão transcorrer para que as pessoas entendam isso de uma vez por todas?
    Todos somos iguais, a cor da pele, a classe social, a orientação sexual, a religião, nada disse define quem é melhor ou pior. A segregação só empobree o homem, como você disse sábia e lindamente.

    Preta iluminada! Sua luz se espalha por onde você passa.

    Linda a forma que você encontrou para protestar, um grito poético.
    Seu eterno fã.

    Um abraço forte e carinhoso, Pérola luz, não é por acaso que te chamo assim.

    ResponderExcluir
  2. E foi no negro da uma pele macia que me perdi em sentimentos intensos. Bons tempos!

    Beijos pra Ti

    ResponderExcluir
  3. Amiga, vc reluz pq é iluminada de alma, de coracao, de corpo, de fé!
    Ilumina com a cor, com o sorriso, com as palavras!
    Adoro a maneira como vc escreve! Adoro teu blog!
    Tua luz já comeca no nome: Pérola!
    Beijinhos cheios de luz pra ti amiga linda!

    ResponderExcluir
  4. .

    Palavras com tanta luz só poderia vir de quem a traz no coração.

    A Pérola negra... que brilha e rebrilha.

    Sua luz rebrilha por todos os recantos onde passas. Ilumina tudo!

    Trago-te palavras da Florbela Espanca, que te definem:

    "As almas das poetisas são todas feitas de luz, como as dos astros: não ofuscam, iluminam..."

    Beijos de luz, menina preciosa.

    .
    .

    ResponderExcluir
  5. O sol nasce pra todos, a luz ilumina todos. Racismo é burrice! Racismo é burrice!

    Lindo poema, iluminado feito tu, Pérola linda!

    Bela escolha musical!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Pérola ,


    Como sempre , seu alinhavo , seu trato com
    as palavras são de uma delicadeza enorme.
    Você não apenas brilha , rebrilha , vibra , ecoa ...

    Você nos encanta !
    :)

    Todo meu carinho , sempe .
    BjO!

    ResponderExcluir
  7. Pérola que brilha em palavras, em posturas, em atitudes, atos e sempre Poesia...

    Um beijo grande e parabéns. Te ler me faz muito bem.

    ResponderExcluir
  8. Uma Pérola negra dos Anjos (coisa linda!) que ilumina e muito o caminho por onde passa, que o diga meu blog que fica cheio de vida e doçura quando tu te achega.

    Consciência e respeito sempre, é assim que deve ser.

    Um beijo grande, querida!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  9. Adorei o blog. Amei o poema! Estou seguindo.

    ResponderExcluir
  10. Pérola,


    Ô meu Deussssssssss, como você é lindaaaa!


    Um beijo minha flor!

    ResponderExcluir
  11. Bonita homenagem.

    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  12. Luminoso, poema iluminado. Todos teus poemas são de imensa admiração por mim. Tens a sensibilidade de tão poucos é tão grande... imensa na letras,Uma
    Poetisa exercendo com maestria seus poemas, Grande Mulher.

    ResponderExcluir
  13. Pérola


    Tem coisas que a gente não explica ,
    só sente , ... é assim a amizade
    e carinho que te tenho .
    Mas a admiração, eu explico de onde vem , vem
    das letras sempre tão tuas amigas, que você tece com incrível beleza... :)


    Bjo Grande e um Domingo pleno em Paz.

    ResponderExcluir
  14. Oi Pérola,
    Toda vez que entro em tua página, entro cantarolando "...pérola negra ..." rs

    Adorei essa poesia cheia de orgulho próprio e vaidade, tanto que fiquei com inveja vou fazer uma pela minha ascendência indígena que tanto me orgulha tb..rs.

    Beijos, bom domingo.

    ResponderExcluir
  15. Pérola,
    Que maravilha de poema!
    Senti todo o seu brilho, que é imenso...!

    beijo :)

    ResponderExcluir
  16. Pérolamiga

    ... e eu sou branco, mas dizem-me Amigos que o sou com alma de preto. Tenho muita honra e muito prazer nestas gentilezas.

    A minha mulher Raquel é goesa, de Goa, portanto, o antigo «Estado Portùguês da India», que, realidade era uma colónia tuga há quinhentos anos. O Vasco da Gama chegou lá antes do Cabral lançar âncora em Porto Seguro. Isto é a Vida, como a gosto de... viver.

    Amiga

    Chego aqui por intermédio do nosso Amigo AC do INTERIORIDADES e estou muito satisfeito por te ter encontrado. O teu blogue é muito interessante, e bem escrito. O que, para mim, que sempre ganhei a vida a produzir prosa tão honesta quanto possível, (sou jornalista e dizem que também escritor, dizem…, e aos 69 anos não me sinto velho) é motivo acrescido de satisfação. Mas sou também alegre, bem disposto, brincalhão, adoro viver assim, adoro a minha família.

    Espero que me retribuas a visita e deixes comentários na Minha Travessa. E, já agora, que te tornes minha (per)seguidora. Não é pedir muito… Obrigado

    Qjs = queijinhos = beijinhos

    NB – Peço-te desculpa por este comentário ser tão longo; mas tenho de referir que é um texto base, ainda que com algumas apreciações individuais e específicas. Infelizmente não sou dono do tempo, e a sê-lo seria uma chatice… Para que não haja dúvidas. Mas, é sincero.

    Na Travessa há fado e até com a ligações da dita «cnção nacional» ao Brasil. Se quiseres...

    ResponderExcluir
  17. Tenho muito orgulho de ter sangue negro em mim.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  18. Texto lindo Pérola!
    Leve, pois é livre de preconceitos!
    O que nos pesa são os preconceitos ;)
    Bjks, flor =*

    ResponderExcluir
  19. E tenho dito: Se subíssemos um degrau a mais na escada da evolução, dias como esse sequer existiriam no calendário.

    Te abraço com carinho.

    ResponderExcluir
  20. Ô minha preta menina, há tanto sol em ti que já nasceste bronzeada...nascemos...hehehe

    Lindo viu!}Amei, me senti um tantão aqui.

    Bjão

    Erikah

    ResponderExcluir
  21. Pérola,

    Quer saber a verdade? Morro de inveja da sua cor e por uma coincidência meu post de hoje revela isso..rs

    essa cor que brilha e ofusca a luz..linda!

    beijos cintilantes

    ResponderExcluir
  22. Pérola,

    Um encantamento o seu Blog...adorei, meus Parabéns!!!Lindos versos!

    Grata por sua visita e boa semana!!

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  23. Que lindo, a cor negra é o resultado da luz do sol. Tantas e tantos vão à praia, se expõe ao sol para ter cor igual.

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  24. Lindo, lindo Pérola!
    Doce e livre de preconceitos. Límpido, leve.!
    Beijinho!

    ResponderExcluir
  25. Não sei se vc conhece a música "Carta à mãe África" do GOG, uma das melhores letras de música escrita em língua portuguesa, vale ouvir: http://www.youtube.com/watch?v=QyJPAp9WSYI (não é vírus rs)

    ResponderExcluir
  26. .

    Vim aqui buscar um tantinho dessa luz com que nos ilumina.


    Beijos, menina preciosa.

    .
    .

    ResponderExcluir
  27. E quem não é preto em nosso país? Todos nós somos e nos orgulhamos disto.


    beijos

    ResponderExcluir
  28. E como brilha querida pérola, dificil achar brilho maior que o teu por esse mundo, ein.

    Beeeijos!!

    ResponderExcluir
  29. Como vc está Pérola? Espero que esteja feliz e bem.
    Uma linda homenagem à raça negra, uma das raças que formou o povo brasileiro. Quanto à tua luz pessoal inegável, tenho pouco a acrescentar a tudo que nossos amigos blogueiros já disseram. Só quero declarar meu carinho especial por vc, pela sensibilidade, pela delicadeza, pela generosidade e lucidez que revela em seus posts, em cada uma de suas palavras.
    Saudades de vc.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  30. Saulo leu pra mim ontem este teu texto com cores tão belas. Fiquei encantado, sabia?

    Ótimo o vídeo também, o Gabriel é um cara talentosíssimo.

    ResponderExcluir
  31. Sempre achei mesmo que toda jóia reluzia ;)

    Minha alma é negra também... (assim desejo)


    Beijos =)

    ResponderExcluir
  32. Querida Pérola,

    Seus versos brilham em homenagem encantadora
    mistura de cores, luzes, sombras e amores

    Poema de fé, de raça e de gana
    mensagem de força e arrebatadora.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  33. Vim te deixar um abraço, giganteeeeeee!

    Um beijo menina linda!

    ResponderExcluir
  34. Oi,Pérola!nossa que poesia linda!Parabéns, temos que ter orgulho da nossa raça e aliás o brasileiro tem que deixar de ser tão preconceito porque quem não é descendente de europeu ocm certeza tem o pé na áfrica eu sou uma e tenho orgulho disso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Pérola, a cada vez que venho até aqui fico mais maravilhada com as tuas palavras, com o teu jeito doce que adocica as palavras, com o teu brilho que nos atinge na intensidade com que escreves... Como és belo, como és bela Linda Pérola!

    Forte abraço.

    p.s. Tenho um carinho para você. Passa lá para pegá-lo.

    http://emsimplespalavras.blogspot.com/p/selos.html

    ResponderExcluir
  36. .

    Beijos para a menina que solta as linhas e delas emana luz


    Meu carinho e agradecimento a ti, menina preciosa.

    Sorrisos muitos

    =)


    .

    ResponderExcluir
  37. Passando pra deixar um beijo de final de domingo, lindeza!

    ;

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  38. Lindas palavras minha querida!
    Ótimo finalzinho de domingo!
    Ju

    ResponderExcluir
  39. uau...

    uma pérola negra...
    linda...

    beijo enorme

    ResponderExcluir
  40. Muitas pessoas, com o seu preconceito oculto, mas tão cruel, outras com o seu preconceito explícito e tão cruel e outras tantas, como uma coisa natural, costumam associar a cor negra a coisas negativas. Então utilizam palavras de entonações racistas, como por exemplo, denegrir, que nada mais é do que tornar negro, utilizam como coisa negativa: "Você está denegrindo a minha imagem". A tal da inveja branca, e portanto, uma inveja do bem e tantas outras palavras e expressões que são pronunciadas com tanta naturalidade, mas que só demonstram que, por mais escondido que esteja, o preconceito grita e grita alto.

    Digo e repito, o preconceito, seja ele de qualquer espécie, só mostra o quão pobre é o ser que lhe carrega.

    Agradeço com o coração por cada palavra, cada manifestação, cada opinião, cada elogio exposto aqui. Palavras que iluminam, que afagam, que espalham pontos de luz por estes ares e dentro de mim. Obrigada a todos!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  41. O texto é lindo e tuas palavras certeiras.

    Parabéns moça.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  42. SEMPRE É UM PRAZER LER TEUS POEMAS, tradição é tudo um brinde as raízes são elas que levam versos assim para a imensidão do céu és um sol brilhando para todos e para sempre eternizados neste poema.

    ResponderExcluir

Solte suas linhas!

Postagens Recentes Postagens Antigas Inicio